Um pouquinho sobre os comandos: whatis – whereis – which – apropos – man – locate

whatis – whereis – which – apropos – man – locate


Esses comandos tem por objetivo descrever, localizar e ensinar como usar um comando/binário, seja ele conhecido ou não. Segue breve descrição.


Para quem está estudando, segue fonte de pesquisa confiável.
http://www.guiafoca.org/

man

É usado para obter informações do comando ou binário, é dividido em seções que definem o foco do manual, seus arquivos de consulta estão localizados em /usr/share/man. Tem parâmetros que trazem resultados iguais aos comando whereis, which e apropos.

Exemplos:
man mv
Apresenta o manual completo do comando mv.
man -f tac
Equivale ao comando whatis tac.

man -w tac
Tem o caminho do arquivo de manual como em whereis, contudo não mostra a localização do binário de execução.
man -k tac
Equivale ao comando apropos tac.

locate

Rápido para efetuar pesquisas de arquivos e pastas,  usa um banco de dados que deve ser atualizado com o comando updatedb antes da pesquisa.

apropos

Pesquisa por um termo nos manuais e retorna uma lista de comandos que o possui.

which

Mostra o caminho do comando contido no path.

whereis

Mostra o caminho para o manual, para os binários do programa e para seus links, geralmente /bin ou /sbin.

whatis

Descreve o comando usando a descrição contida no manual.

O que é o sync no linux?

sync

Descrição

Quando você acessa um arquivo, o Linux faz uma cópia deste arquivo e coloca esta cópia na memória cache. É com esta cópia que o Linux trabalha, pois o acesso à memória é mais rápido que o acesso a uma unidade de disco (rígido ou flexível).
Portanto, quando você modifica o arquivo, o Linux modifica, na realidade, a cópia do arquivo armazenada na cache, e não o arquivo real. De tempos em tempos, o Linux grava os dados da memória nas unidades de disco.
O comando sync é utilizado para forçar a atualização destes dados. Por exemplo, se você gravou um arquivo no pen drive, antes de removê-lo, é importante garantir que a cópia realmente seja feita. Para isto basta digitar o comando sync (você também pode especificar a opção sync durante a montagem do dispositivo).

Algumas opções do comando

  • –help : apresenta as opções do comando.
  • –version : lista a versão do programa.

FONTE: http://www.uniriotec.br/~morganna/guia/sync.html

Configurando Quota no Debian

Vou descrever passo a passo instalação e configuração, inclusive os erros.

Como root:
1. Instalar aplicativo cotas
#apt-get install quota

Depois de algumas confirmações aparece um erro;
Editamos o arquivo com a lista de repositórios do apt para corrigir.
>

2. Tratar erro de repositório do Debian
#vi /etc/apt/source.list
Comentamos a linha que põe o cdrom na pesquisa de repositórios;
>

3. Instalar aplicativo
#apt-get install quota

4. Testando um comando
É possível verificar o retorno do bash ao digitar o comando que habilita quotas;
#quotaon
Primeiro vamos configurar as quotas.

5. Iniciar configuração
#vi /etc/fstab

No arquivo adicionar “usrquota,grpquota” no ponto de montagem que deseja adicionar cotas de usuário e grupos.
>

6. Arquivos de log
Crie os arquivos quota.user e quota.group no diretório que foi marcado para ter controle de cotas, no caso /home.

#touch /home/quota.user
#touch /home/quota.group
Por segurança definimos as permissões.
#chmod 600 /home/quota.user
#chmod 600 /home/quota.group

7. Remontando partições editadas no fsdisk
Reinicie o computador:
#reboot
 Inicie o banco de dados:
#quotacheck -avug



8. Iniciando serviço
Inicie o serviço:
#quotaon

obs.: Pode aparecer um erro pedindo os arquivos aquota.user e
aquota.group, geralmente o quotacheck cria esses arquivos
automaticamente, caso não crie faça como no item 6 para cria-los,
observe que mesmo o erro persistindo os arquivos serão alimentados com o
comando, basta seguir em frente.

Criei então os arquivos solicitados:
#chmod 600 /home/aquota.user
#chmod 600 /home/aquota.group
>

9. Iniciando serviços automaticamente e agendando quotacheck
 Confira se existe o arquivo de cotas na inicialização em /etc/rc5.d .
Checagem de cotas por semana:
#crontab -e
0 3 * * /sbin/quotacheck -vuga

10. Configurando cota para um usuário

Adicione cotas ao usuário
#edquotas usuário

Para configurar um limite de 10Megas de suporte leve(avisa que a cota está esgotada, mas não bloqueia novos arquivos) e um limite de 20Megas forte (bloqueia novos arquivos) para  o usuário:
>

Obs: Os dois últimos zeros seriam para cotas do grupo.

Reinicie e digite #repquotas -u /home para testar.